Tradições - Parte 4

terça-feira, 29 de outubro de 2013


  • Tradição das Fadas (ou Fairy Wicca)

Há várias facções da Tradição das Fadas. Segundo os membros desta Tradição, seus ritos e conhecimentos tiveram origem entre os antigos povos da Europa da Idade do Bronze, que, ao migrarem para as colinas e altas montanhas devido às guerras e invasões, ficaram conhecidos como Sides, Pictos, Duendes ou Fadas. Uma bruxa desta Tradição poderia ser ou trabalhar, mas não necessariamente, com:
  • Energias da natureza e espíritos da natureza, também conhecidos como elementais.
  • Homossexual. Alguns nomes mais famosos desta Tradição são Victor e Cora Anderson, Tom Delong (Gwydion Penderwyn), Starhawk, etc.


  • Tradição Gardneriana

Fundada por Gerald Gardner (foto) no ano de 1951 na Inglaterra. Esta tradição contribuiu muito para a Arte ser o que é hoje. A estrutura de muitos rituais e trabalhos mágicos em numerosas tradições são originárias do trabalho de Gardner. Algumas das revindicações históricas feitas pelo próprio Gardner e por algumas Bruxas Gardnerianas ainda têm que ser verificadas (e em alguns casos são fortemente contestadas), porém, esta Tradição apoiou muitas Bruxas modernas. Gerald B. Gardner é considerado "o avô" de toda a Neo-Wicca. Foi iniciado em um Coven de NewForest, na Inglaterra em 1939. Em 1951 a última das leis ingleses contra a Bruxaria foi banida (primeiramente devido a pressão de Espiritualistas) e Gardner publicou o famoso livro "A Bruxaria Hoje" ("Witchcraft Today"), trazendo uma versão dos rituais e as tradições do Coven pelo qual foi iniciado. esta é uma tradição extremamente hierárquica. A Sacerdotisa e o Sacerdote governam o Coven, e os princípios do amor e da confiança presidem. Os praticantes desta Tradição trabalham "Vestidos de Céu" (nus), alem de manterem o esquema de Seita Secreta. Nos EUA e Inglaterra os Gardnerianos são chamados de "Snobs of the Craft" (Esnobes da Arte), pois muitos deles acreditam que são os únicos descendentes diretos do Paganismo purista. Cada Coven Gardneriano é autônomo e é dirigido por uma Sacerdotisa, com a ajuda do Sacerdote, Senhores dos Quadrantes, Mensageiros, etc. Isto mantém a linhagem e cria um número de líderes e de professores experientes para o treinamento dos Iniciados. A Bíblia Completa das Bruxas (The Witches Bible Complete) escrita por Janet e Stewart Farrar, como também muitos livros escritos por Doreen Valiente, t~em base nesta Tradição e na Tradição Alexandrina em muitos aspectos.

  • Tradição Hecatina

Uma Tradição de Bruxos que buscam inspiração em Hécate e tentam reconstruir e  modernizar os rituais da adoração a esta Deusa. É algumas vezes chamada de Tradição Caledoniana ou Caledoni.

0 comentários:

Postar um comentário