WICCANING: O RITUAL DE BATISMO

segunda-feira, 3 de abril de 2017


Este ritual de "batismo" extraído do livro de Janet & Stewart Farrar deve ser utilizado apenas como modelo...como base para que você crie o seu próprio Wiccaning. Use sua criatividade e seu coração! 

"Os cristãos, quando batizam seus filhos, o fazem em geral com a intenção de compromissa-los com o cristianismo, de preferência perpetuamente - e ao próprio ramo particular de cristianismo dos pais. Espera-se via de regra que os filhos endossarão tal compromisso, ratificando-o quando tiverem idade suficiente para aquiescer conscientemente (embora sem maturidade para discernir). Para sermos justos, esses pais - quando não estão meramente acatando uma convenção social - amiúde assim agem porque sinceramente acreditam que isso é essencial para a segurança das almas de seus filhos. Foram ensinados a crer nisso e frequentemente mediante o medo. Essa crença segundo a qual existe apenas um tipo de ingresso para o céu e que um bebê precisa recebê-lo com toda a rapidez para sua própria segurança é, evidentemente, estranha a Wicca. A crença de bruxas e bruxos na reencarnação a nega em todos os casos. Mas, independentemente disto, feiticeiras e feiticeiros sustentam o ponto de vista que era virtualmente universal antes da era do monoteísmo patriarcal, a saber, que todas as religiões são diferentes sendas de expressão das mesmas verdades e que a validade delas para qualquer indivíduo depende da natureza e das necessidades deste. Uma cerimônia Wiccaning para a criança de uma família de bruxos não compromete, portanto, a criança com nenhuma senda em particular, mesmo uma pertencente a Wicca. É similar a um batizado no sentido em que invoca a proteção divina para a criança e ritualmente afirma o amor e o cuidado com os quais a família e os amigos desejam cercar o recém-chegado. Difere de um batizado no fato de especificamente reconhecer que, à medida que a criança se transforma num adulto, decidirá, e realmente terá que decidir, sobre sua própria senda. Wicca é, acima de tudo, uma RELIGIÃO NATURAL - de modo que pais-bruxos tentarão naturalmente comunicar a seus filhos a alegria e realização que sua religião lhes proporciona, a família toda partilhando inevitavelmente do modo de vida vinculado a essa religião. Partilhar é uma coisa, impor ou ditar é outra, e longe de assegurar a "salvação" de uma criança, pode muito bem retardá-la - isto se, tal como as feiticeiras, você encarar a salvação não como uma espécie de transação instantânea, mas como um desenvolvimento ao longo de muitas existências Compomos nosso ritual de Wiccaning dentro desse espírito e achamos que a maioria das bruxas e bruxos concordarão com tal postura. Sabíamos que a idéia de Ter padrinhos - amigos adultos que manterão um interesse pessoal no desenvolvimento da criança - era uma idéia justificadamente popular e sentimos que uma cerimônia de Wiccaning deveria adotá-la também. A princípio chamamos esses amigos adultos de "Patrocinadores", a fim de evitar uma confusão com respeito à prática cristã. Mas reconsiderando o assunto posteriormente, percebemos que "patrocinador era uma palavra fria e que não havia motivo algum para que "padrinho" e "madrinha" (desde que god abarcasse goddess/ Padrinho em inglês é GODfather e madrinha GODmother) não servissem a bruxas e bruxos tanto como servem os cristãos. Afinal de contas, consideradas as diferenças de crença (e Deus sabe quanto os cristãos diferem entre si), inclusive a diferença de postura que já mencionamos, a função é a mesma. Os padrinhos não têm de ser eles mesmos necessariamente bruxos, o que cabe aos pais decidir. Mas precisam, ao menos, simpatizar com a intenção do ritual e tê-lo lido integralmente de antemão, para assegurar que possam fazer as necessárias promessas com toda sinceridade (o mesmo se aplica, afinal, a bruxos e bruxas convidados por amigos cristãos para serem padrinhos num batismo cristão). Se a Grã Sacerdotisa e/ou o Grão Sacerdote se prestam eles próprios a serem padrinhos, farão as promessas um ao outro nos momentos apropriados, durante o ritual.

PREPARAÇÃO

Se os membros do coven normalmente atuarem despidos, a decisão se assim participarão do ritual ou se farão vestidos caberá aos pais da criança. Num caso ou noutro, a Grã Sacerdotisa usará símbolos da Lua, e o Grã Sacerdote símbolos do Sol. O círculo é marcado com flores e folhas verdes e o caldeirão colocado no centro, preenchido com as mesmas flores e folhas e talvez também de frutos. Coloca-se à disposição, no altar, óleo de consagração. Somente incenso leve deve ser usado - preferivelmente sob forma de bastão. Os presentes para a criança são postos ao lado do altar, bem como o alimento e as bebidas para uma pequena festa no círculo, depois do ritual.
Os pais devem escolher antecipadamente um "nome oculto" para a criança (isto é, em grade parte, para o próprio benefício da criança; crescendo numa família de bruxos, ele ou ela quase certamente apreciará ter um nome de bruxo ou bruxa particular tal como têm mamãe e papai - e se não for o caso, poderá ser discretamente esquecido até que e a menos que seu detentor queira usá-lo novamente).

O RITUAL PARA UMA MENINA

O Ritual de Abertura é realizado normalmente até o fim da invocação do "Grande Deus Cernunnos", exceto pelo fato de que todos, inclusive os pais e a criança, se colocam no círculo antes do traçado, sentamos num semicírculo próximos do caldeirão e olhando para o altar - cedendo lugar à Grã Sacerdotisa, para que esta trace o círculo em torno deles. Somente a Grã Sacerdotisa e o Grão Sacerdote ficam em pé para conduzir o Ritual de Abertura. Para reduzir movimento excessivo, que poderia amedrontar a criança, a Grã Sacerdotisa traça o círculo com seu athame, e não com a espada, e ninguém se move com ela, ou imita seus gestos quando ela invoca os Senhores das Atalaias. Ela e o Grão Sacerdote carregam os elementos em torno. Após a invocação do Grande Cernunnos, a Grã Sacerdotisa e o Grão Sacerdote consagram o vinho. Não o experimental, mas colocam o cálice no altar. O Grão Sacerdote, em seguida, posta-se diante do altar, encarando o caldeirão. A Grã Sacerdotisa fica pronta para entregar-lhe o óleo, o vinho e a água. 
O Grão Sacerdote diz: 

"ESTAMOS REUNIDOS NESTE CÍRCULO PARA PEDIR A BENÇÃO DO PODEROSO DEUS E DA GENTIL DEUSA PARA .....(NOME DA MENINA), A FILHA DE .................. E .................., DE MODO QUE ELA POSSA CRESCER EM BELEZA E FORÇA, EM ALEGRIA E SABEDORIA. HÁ MUITAS SENDAS, E CADA UM TEM DE ENCONTRAR A SUA, E PORTANDO NÃO BUSCAMOS LIGAR ..........(NOME DA MENINA) À NENHUMA SENDA, ENQUANTO ELA É AINDA DEMASIADAMENTE JOVEM PARA ESCOLHER. PREFERIMOS PEDIR AO DEUS E A DEUSA, QUE CONHECEM TODAS AS SENDA E AOS QUAIS TODAS AS SENDA CONDUZEM, PARA ABENÇOÁ-LA, PROTEGÊ-LA E PREPARÁ-LA AO LONGO DOS ANOS DE SUA INFÂNCIA, DE SORTE QUE, QUANDO FINALMENTE FOR VERDADEIRAMENTE ADULTA, SAIBA ELA SEM ALIMENTAR DÚVIDAS OU MEDO QUAL SUA SENDA E PASSE A TRILHÁ-LA COM CONTENTAMENTO.
....................., MÃE DE ............(NOME DA MENINA), ADIANTA-SE COM ELA PARA QUE POSSA SER ABENÇOADA.
O pai ajuda a mãe a se levantar e ambos levam a criança ao Grão Sacerdote, que a toma em seus braços. Ele pergunta: ....................., MÃE DE ............(NOME DA MENINA),POSSUI ESTA TUA CRIANÇA TAMBÉM UM NOME OCULTO?
A mãe responde: SEU NOME OCULTO É ..................... 
O Grão Sacerdote, então, unta a criança na testa com óleo, fazendo a marca de um pentagrama e dizendo: EU UNTO A TI, ............(DIZER O NOME COMUM), COM ÓLEO E TE DOU O NOME OCULTO DE ....................... 
Ele repete a ação com o vinho, dizendo: EU UNTO A TI, .............(DIZER NOME OCULTO), COM VINHO EM NOME DO PODEROSO DEUS CERNUNNOS. Repete a ação com a água dizendo: EU UNTO A TI, ..............(DIZER NOME OCULTO), COM ÁGUA EM NOME DA GENTIL DEUSA ARADIA. O Grão Sacerdote devolve a criança à sua mãe e, então conduz os pais e a criança a cada uma das atalaias, dizendo: VÓS SENHORES DAS ATALAIAS LESTE (SUL, OESTE, NORTE), COM EFEITO APRESENTAMOS A VÓS .....................(NOME COMUM), CUJO NOME OCULTO É ........................(DIZER NOME OCULTO) E QUE FOI DEVIDAMENTE UNGIDA DENTRO DO CÍRCULO DE WICCA. ESCUTAI, PORTANTO, QUE ELA SE ACHA SOB A PROTEÇÃO DE CERNUNNOS E ARADIA. 
O Grão Sacerdote e a Grã Sacerdotisa tomam seus lugares voltados para o altar, com os pais e a criança entre eles. Erguem seus braços e invocam cada um por sua vez: 
Grão Sacerdote: PODEROSO CERNUNNOS, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DA FORÇA; 
Grã Sacerdotisa: GENTIL ARADIA, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DA BELEZA 
Grão Sacerdote: PODEROSO CERNUNNOS, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DA SABEDORIA 
Grã Sacerdotisa: GENTIL ARADIA, CONCEDE A ESTA CRIANÇA O DOM DO AMOR; 
O Grão Sacerdote, a Grã Sacerdotisa e os pais se voltam para encarar o centro do círculo, e o Grão Sacerdote então pergunta: HÁ DUAS PESSOAS NO CÍRCULO QUE SE APRESENTARIAM COMO PADRINHOS DE ......................? 
(OBS.: Se o sacerdote e a sacerdotisa estão se apresentando como padrinhos, ele perguntará, em lugar disso,: HÁ ALGUÉM NO CÍRCULO QUE SE APRESENTARÁ COMIGO, COMO PADRINHOS DE.................? e a Sacerdotisa responderá:
EU ME JUNTAREI A VÓS. 
Em seguida eles olharão um para o outro e trocarão as perguntas e promessas). Os padrinhos deverão se adiantar e ficar de pé, a madrinha encarando o Sacerdote e o padrinho encarando a Sacerdotisa. 
O Sacerdote pergunta para a madrinha: TU, ............... PROMETES SER UMA AMIGA DE ................... AO LONGO DE SUA INFÂNCIA, NO SENTIDO DE AJUDÁ-LA E GUIÁ-LA DA MANEIRA QUE ELA NECESSITAR; E DE ACORDO COM SEUS PAIS POR ELA ZELAR E AMÁ-LA COMO SE FOSSE DE TEU PRÓPRIO SANQUE ATÉ QUE PELA GRAÇA DE CERNUNNOS E ARADIA ELA ESTEJA PRONTA PARA ESCOLHER SUA PRÓPRIA SENDA? A madrinha responde: EU,.............. ASSIM PROMETO. 
A Grã Sacerdotisa pergunta ao padrinho: TU, ............... PROMETES SER UMA AMIGA DE ................... AO LONGO DE SUA INFÂNCIA, NO SENTIDO DE AJUDÁ-LA E GUIÁ-LA DA MANEIRA QUE ELA NECESSITAR; E DE ACORDO COM SEUS PAIS POR ELA ZELAR E AMÁ-LA COMO SE FOSSE DE TEU PRÓPRIO SANQUE ATÉ QUE PELA GRAÇA DE CERNUNNOS E ARADIA ELA ESTEJA PRONTA PARA ESCOLHER SUA PRÓPRIA SENDA? O padrinho responde: EU, .............ASSIM PROMETO. 
O Grão Sacerdote diz: O DEUS E A DEUSA A ABENÇOARAM; OS SENHORES DAS ATALAIAS A RECONHECERAM; NÓS SEUS AMIGOS LHE DEMOS AS BOAS VINDA; PORTANTO, Ó CÍRCULO DAS ESTRELAS; BRILHA EM PAZ SOBRE ............... CUJO NOME OCULTO É.................. QUE ASSIM SEJA. 
Todos dizem: QUE ASSIM SEJA! 
O Grão Sacerdote diz: QUE TODOS SE SENTEM DENTRO DO CÍRCULO 
Todos se sentam, exceto o sacerdote e a sacerdotisa, que experimentam e passam por todos o vinho já consagrado da maneira usual e então consagram e passam a todos os bolos da maneira usual.
A seguir, buscam os presentes, o alimento e as bebidas da festa e se sentam com os outros, daqui em diante passando-se para o informal.

O RITUAL PARA UM MENINO

A diferença básica caso a criança seja um menino é que o Grão Sacerdote e a Grã Sacerdotisa trocam suas funções. Ela realiza o enunciado de abertura e executa a unção, o Grão Sacerdote lhe
entrega o óleo, o vinho e a água. Ela representa a criança às atalaias.
A invocação a Deusa e ao Deus por seus dons de força, beleza, sabedoria e amor, entretanto, é feita exatamente como a feita para a menina, e na mesma ordem.
A Grã Sacerdotisa convoca os padrinhos para que se apresentem e toma a promessa do padrinho; o Sacerdote toma então a promessa da madrinha. A Grã Sacerdotisa pronuncia a bênção final.

Fonte: Oito Sabás para Bruxas
Autores: Janet e Stewart Farrar
Editora: Anúbis

Memória Distante

sábado, 4 de fevereiro de 2017



Acenda uma vela branca numa sala escura e deixe-a numa posição de modo que ilumine seu rosto diante do espelho, mas sem refleti-la.
Diga o seguinte:
Oráculo de luz lunar,
Envie-me agora a segunda visão.
Olhe nos olhos de seu reflexo, ou logo no centro e acima deles. Gradualmente, seu reflexo irá desaparecer e você verá outro rosto; é o de uma vida passada. Será inconfundivelmente familiar a você.
Com prática, pode-se utilizar esta técnica para aprender diversas coisas sobre vidas passadas. Tente "sintonizar-se" com o rosto. Tente ver o resto do corpo, as vestes, joias, cenários, qualquer coisa que o ajude a determinar o local e o período.
A mera visão do rosto pode detonar reações emocionais inesperadas dentro de você; preste atenção a elas e você poderá começar a se lembrar de pessoas e eventos que estiveram trancados em sua memória distante.
Às vezes surte melhor efeito quando realizado em semi escuridão; ajuste a quantidade de luz que ilumina seu rosto até obter os resultados desejados.

Canto para Visões

De pé diante do espelho mágico, remova sua capa e entoe o seguinte, até que as visões surjam:

Espelho do Luar,
Espelho de Vidro,
Permita-me ver
O que vai acontecer
Remova o véu
Diante de mim.
É o que desejo,
Assim seja!

Os melhores períodos para praticar visões em seu espelho é na aurora, no crepúsculo ou à noite.

O Espelho Mágico

 
Obtenha um espelho redondo com diâmetro entre 35 cm e 70 cm. De preferência, deve estar acoplado a uma moldura também redonda, pintada de preto, mas isso não é fundamental.
Após obtê-lo, leve-o para casa e lave-o cuidadosamente com água. Se desejar, lave a seguir com uma infusão de artemísia, uma colher de chá para cada xícara de água. Deixe esfriar antes de usar.
Quando o espelho estiver seco (naturalmente, nada de usar paninho hein), cubra sua face com um pano preto e deixe-o onde não seja tocado, até a lua cheia. Nessa noite, exponha o espelho aos raios da lua de preferência ao ar livre - pode ser pela janela, se necessário. Carregue o espelho mágico com o luar e diga as palavras abaixo ou semelhantes:
Senhora da Lua,
Você que a tudo vê e tudo sabe,
Eu consagro este espelho com seus raios brilhantes
Para que ilumine minha magia e minha vida.
Traga-o para dentro e pendure-o na parede leste de seu quarto, ou na sala onde pratique magia. Mantenha-o coberto quando não estiver sendo utilizado.
Exponha o espelho à lua ao menos três vezes por ano. Quando estiver empoeirado (se ficar), lave-o com uma infusão de artemísia ou água limpa. Nunca utilize sprays à base de amônia para limpar seu espelho, pois a amônia destrói qualquer magia!
Se desejar, pode utilizar um tipo "psíquico" de óleo (como de cravo ou de noz-moscada) para desenhar um crescente na parte de trás, marcando-o assim com o símbolo da lua.
Nunca use o espelho para outras coisas que não a magia. Reserve outro espelho para uso rotineiro.

Simbolos Mágicos

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Na prática da arte da Grande Mãe e seu Consorte, podemos acrescentar uma simbologia mágica que nos permite a melhor sintonia em os elementais. Para tanto, magos e bruxos de todo o mundo, através do conhecimento milenar puderam propagar esta simbologia que nos permite alcançar o efeito desejado em nossas práticas mágicas pessoais.
Cada símbolo com o passar dos séculos, foi incorporado na Arte Wicca, devido a sua eficácia - seja no contexto mágico ou religioso. Muitos destes símbolos são utilizados para a prática ritualística de bruxos e bruxas, servindo para focalizar a energia mágica bem como os instrumentos.
Na astrologia temos diversos símbolos que representam planetas e signos. A maior parte deles vem sendo também fortemente utilizados na Wicca. A seguir temos os principais símbolos e seus respectivos significados:

Ankh - antigo símbolo egípcio que nos lembra uma cruz enlaçada. O Ankh simboliza a vida, o conhecimento cósmico, o inter-curso sexual e o renascimento. Devemos lembrar que o Deus e a Deusa do maior antigo panteão egípcio são representados portando sempre este símbolo. O Ankh também é conhecido por vários bruxos como "Cruz Ansata". Hoje em dia o Ankh é usado por vários bruxos comtemporâneos para encantamesntos e rituais que envolvem saúde, fertilidade e divinação.

Pedras, Signos e suas Energias.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Cada signo possui sua própria característica, sua própria maneira de pensar e agir, podendo ser agradável ou não, no convívio com outros. Para que haja um equilíbrio, para que consigamos conviver bem com todas as pessoas, cada um deveria sempre estar acompanhado de sua pedra ideal. Pode ser deixada no seu local de trabalho, no seu quarto, mas o mais indicado é sempre ter na bolsa.
Cada pedra possui qualidades especificas, para ajudar a processar o seu tipo de energia.
Eu separei aqui, a principal pedra de cada signo.
Vamos descobrir e analisar.

ÁRIES
Pedra: Granada.
O que é: É uma pedra de fogo. Guardiã do amor verdadeiro e da paixão.
Para que serve:
*Psique: Ela estimula imaginação e a inteligência.
*Corpo: Regenera o corpo e estimula o metabolismo.
*Energia: Em estudos, observaram que fases com maiores dificuldades das parcerias, ela escurecia. E quando reconhecia problemas e amenizava-os voltava sua cor natural.

TOURO
Pedra: Quartzo Rosa
O que é: É a mais amada pedra da Nova Era, associada ao amor e a paz.
Para que serve:
*Psique: Ela evoca a autoconfiança e a autovalorização.
*Corpo: Fortalece o coração e o sistema circulatório.
*Energia: Desperta a lembrança da essência amorosa. Irradia paz e amor a quem possui.

GÊMEOS
Pedra: Hematita
O que é: É uma pedra que traz equilíbrio emocional.
Para que serve:
*Psique: Ela traz proteção para viver com mais coragem, e com maior consciência de metas.
*Corpo: Tem efeitos sobre o sangue, regulando a pressão e regenerando as células.
*Energia: Aumenta o otimismo, a disposição para trabalhar, melhora a capacidade de negociação, disposição para novos empreendimentos.

CÂNCER
Pedra: Quartzo verde
O que é: É uma pedra que aumenta saúde, autoconfiança e disposição
Para que serve:
*Psique: Ajuda nos estudos, estimula criatividade.
*Corpo: Tem efeitos com a insônia, a fadiga.
*Energia: Atrai abundância, representa equilíbrio e a natureza.

LEÃO
Pedra: Cristal
O que é: É uma pedra altamente energética, promove fluxo de energia e ainda reflete o arco-íris.
Para que serve:
*Psique: Devido ao efeito neutralizante, limpa corpo, alma e espírito.
*Corpo: Devido as propriedades preventivas, limpa e cura vasos e a circulação sanguínea.
*Energia: Limpeza da aura, relaxamento, intuição.

VIRGEM
Pedra: Turquesa
O que é: É uma pedra que ajuda a criar força, protege e ajuda a comunicação.
Para que serve:
*Psique: Quando apresenta manchas em prata, tem suas energias no campo emocional e favorece a auto segurança, combate a depressão.
*Corpo: Quando apresenta estrias em cobre, suas energias são direcionadas ao funcionamento do sistema respiratório e normaliza os pulmões.
*Energia: Protege quem usa vibrações perniciosas, usada na meditação para ajudar a intuição.

LIBRA
Pedra: Citrino
O que é: É uma pedra que proporciona paz interior e sucesso profissional.
Para que serve:
*Psique: Fortalece pessoas sensíveis, proporciona raciocínio claro, libera pressões cotidianas.
*Corpo: Fortalece metabolismo, o fígado, e ameniza perturbação da digestão.
*Energia: Disposição do espirito, motivação, coragem, força para coração e alma.

ESCORPIÃO
Pedra: Ágata de fogo.
O que é: É uma pedra que proporciona vitalidade e força, tanto física como psíquica.
Para que serve:
*Psique: Protege contra depressões, ajuda a ter coragem, e proporciona um casamento feliz.
*Corpo: Ajuda nas enfermidades da pele, doenças nos olhos, fortalece os rins.
*Energia: Protege contra energias ruins, exerce um fluxo aquecedor para o campo sexual e sobre o organismo.

SAGITÁRIO
Pedra: Lápis-lazúli
O que é: É uma pedra que proporciona confiança e segurança para tomar decisões importantes.
Para que serve:
*Psique: Ajuda em casos de bloqueios, receios e preconceito. Transforma tristeza em felicidade.  
*Corpo: As ondas da pedra penetram em nosso corpo auxiliando contra picadas de insetos, queimaduras e pressão arterial alta.
*Energia: Limpeza espiritual, inspiração, nos conduz rápido a uma profundidade do espirito.

CAPRICÓRNIO
Pedra: Ônix
O que é: É uma pedra que traz sabedoria em decisões que precisam ser tomadas.
Para que serve:
*Psique: Melhora a melancolia, depressões. Combate estresse e a tensão nervosa.
*Corpo: Melhora o fluxo sanguíneo, a audição e a aparência da pele, inclusive.
*Energia: Estabelece harmonia entre o corpo e a alma, o Yin e Yang. Repeli influxos negativos, como pessoas ou magias.

AQUÁRIO
Pedra: Sodalita
O que é: Ajuda a alcançar objetivos materiais, amorosos e espirituais.
Para que serve:
*Psique: Melhora equilíbrio emocional e traz autoconfiança, decisão e coragem. Ativa a capacidade de raciocínio lógico e de criatividade.
*Corpo: Exerce um efeito de harmonia sobre as glândulas, por conta dos conteúdos que a pedra possui. Acalma e fortalece todo corpo.
*Energia: Desperta intuição e clarividência, promove circulação espiritual e abre os olhos para as coisas que são essenciais em nossas vidas.

PEIXES
Pedra: Ametista
O que é: É a pedra da Paz. Pedra da realização das metas pessoais.
Para que serve:
*Psique: Nos traz a capacidade de juízo correto, favorece e fortalece amizades verdadeiras.
*Corpo: Ajuda em casos de enxaquecas, pressões por estresse. Acalma o coração e os nervos, melhora a concentração.
*Energia: Transforma energia negativa em positiva. Possui elementos tranquilizadores. E transmite impulsos agradáveis sobre a alegria de viver e solução de problemas.


Para limpar sua pedra, você lava ela em água corrente e depois deixa tomando banho de lua cheia por uma noite. 

As Runas de Odin

domingo, 2 de outubro de 2016


Dentre as estórias da Mitologia Nórdica, as runas são a qual há mais divisões, tens os que digam que as runas foram criadas da beleza e sabedoria de Frigga, bom, hoje vamos falar sobre a criação de Odin.
Odin, sedento de sabedoria e regido de poder, desesperado para salvar seu mundo, seus Deuses e nós mesmos, passou nove dias e nove noites pendurado de cabeça pra baixo e com sua própria lança atravessada em sua barriga, na grande árvore da vida Yggdrassil, para assim poder adquirir as Runas de Poder!
Assim, logo após que desceu de lá, foi direto a fonte da sabedoria, liderada pelo Deus Mimir, um Deus Sábio que só deixou Odin beber da fonte e adquirir a sabedoria suprema, após que o Alfadhur (Odin). Desse como sacrifício um de seus olhos... O poderoso Deus não excitou  e assim deu a Mimir seu olho, tomando um gole da fonte e finalmente adquirindo a sabedoria das Runas!
Os guerreiros em Midgard,usam as runas até hoje, como um simbolo supremo de proteção, sabedoria e para acharem seu caminho no mundo e nas guerras.
O alfabeto runico se dividiu em duas seções o Alfabeto Futhark (Antigo) com 16 caracteres e o Futhorc ( Novo) com 28 caracteres, hoje o mais comum usado continua sendo o Futhark.

Fehu – O gado, a riqueza

Posição normal: riquezas materiais e espirituais, sucesso e vitória.
Invertida: Frustrações, impasses e perda de estima pessoal.

Ur – O touro bravo, a força

Posição normal: Boa sorte, amadurecimento e progresso numa carreira.
Invertida: Oportunidades perdidas, influências negativas e desânimo.

Thorn – Os espinhos de Thor

Posição normal: Proteção, decisão importante a tomar e boas notícias.
Invertida: Decisões precipitados, cautela e más notícias.

Ansor – Palavras de Odin

Posição normal: Sabedoria, conselho dado por uma pessoa mais velha.
Invertida: Falta de comunicação, futilidade e movimento inútil.

Rad – A carruagem

Posição normal: Viagem, união e progressos em direção às metas da vida.
Invertida: Rompimentos, fracassos e viagens desagradáveis.

Ken – A tocha

Posição normal: Renovação, novos começos e iluminação.
Invertida: Perda de prestígio social ou de posses valiosas, fim de um ciclo.

Gebo – O presente

Posição normal: União, equilíbrio, bons negócios e amor correspondido.
Invertida: Não tem posição invertida.

Wynn – A alegria

Posição normal: Felicidade, bem estar e transformação para melhor.
Invertida: Infelicidade emocional, crises e perdas afetivas.

Hagalaz – O granizo

Posição normal: Doença, limitações e adiamento dos planos.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Nied – A necessidade

Posição normal: Paciência e cautela para os planos sejam bem-sucedidos.
Invertida: Não aja precipitadamente, controle a raiva e aprenda com a adversidade.

Is – O gelo

Posição normal: Período de gestação, saber esperar o momento oportuno.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Jera – A colheita do ano

Posição normal: Período de espera, fertilidade, alegria e satisfação.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Yr – O teixo

Posição normal: Proteção, final de um ciclo e começo de uma nova vida.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Peorth – Algo oculto

Posição normal: Ganhos inesperados, conhecimentos ocultos e espiritual.
Invertida: Desapontamentos, traições e paciência.

Eolh – A proteção do alce

Posição normal: Viagem, novos caminhos, alegria e progresso.
Invertida: Inquietação, vulnerabilidade e perigos vindo de fora.

Sigel – O Sol

Posição normal: Auto-realização, regeneração e vitória.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Tyr – a Humanidade

Mostra como conduzir a nossa vida. Regido pelo Deus Tyr, invoca a justiça e diz respeito à realização do plano espiritual.

Tyr – O Deus Tyr
Posição normal: Vitórias, discernimento, intuição e poderes psíquicos.
Invertida: Problemas emocionais e força vital sendo desperdiçada.Beorc – O vidoeiro
Posição normal: Nascimento de um bebê ou nova idéia e amadurecimento.
Invertida: Confusão. Desânimo, separações e carências.

Eoh – O cavalo

Posição normal: Movimento, mudanças, progresso e lealdade.
Invertida: Saber esperar, evitar ação e mudanças.

Mann – O homem

Posição normal: Integração, confiança e clareza interior.
Invertida: Falta de fé, bloqueios e inimigos ocultos.

Lagu – A água

Posição normal: Fluidez das emoções, intuição e poderes psíquicos.
Invertida: Pensamentos confusos, enganos e fracassos.

Ing – transformações

Posição normal: Realização de um sonho, nascimento, amor e sexualidade.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Daeg – O dia

Posição normal: Prosperidade, mudanças e transformações positivas.
Invertida: Essa Runa não tem posição invertida.

Othel – A herança

Posição normal: Bens ancestrais, propriedade, heranças e notícias de longe.
Invertida: Problemas com propriedade e heranças.

Texto de Skald Baldrsson